Lipoaspiração ou Abdominoplastia? Qual devo fazer?

A lipoaspiração e a abdominoplastia são cirurgias estéticas  cada vez mais procuradas com o objetivo de melhorar o contorno corporal e conseguir uma silhueta mais elegante e harmoniosa. Ambos os procedimentos podem atender este desejo, porém com particularidades e indicações diferentes.

Lipoaspiração

Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), mostram só em 2017 o Brasil atingiu cerca de 83 mil cirurgias por mês e, dentre elas, uma das campeãs é a lipoaspiração. O procedimento visa eliminar a gordura localizada em diversas regiões do corpo, principalmente, nos casos em que esta gordura não é eliminada nem com a dieta nem com o exercício. A famosa gordura localizada.

Por mais que se trate de uma cirurgia para eliminar gordura, vale ressaltar que não é um procedimento para o tratamento da obesidade, mas sim indicado para quem está mais próximo do peso ideal e busca a melhora da harmonia do corpo.

Este procedimento é um procedimento que pode ser realizado tanto por homens quanto por mulheres de quase todas as faixas etárias e a praticamente qualquer região do corpo, como abdome, os flancos, o culote e as coxas.  O resultado final é um contorno corporal mais fino e mais elegante. No entanto, após eliminar o excesso de gordura de determinada região pode permanecer alguma pele flácida e em excesso que não tem elasticidade suficiente para se adaptar aos novos contornos.

O procedimento pode levar entre duas e cinco horas, dependendo do volume de gordura. Depois da aspiração, as incisões são suturadas. O tempo de recuperação total é de até 60 dias, seguindo uma dieta hipocalórica, utilizando cintas cirúrgicas para modelar o corpo, drenagem linfática e outras recomendações do cirurgião.

Abdominoplastia

A abdominoplastia tem como objetivo retirar o excesso de pele e tecido adiposo da região do abdômen, que muitas vezes, apresenta certo grau de  flacidez, principalmente nos casos em que houve um emagrecimento e a pele permaneceu flácida e em excesso. Este é um procedimento muito procurado após uma gestação, por exemplo, em que houve um  excesso de gordura e os músculos que os sustenta podem ter ficados também mais flácidos e sem muita sustentação.

Na cirurgia de abdominoplastia é feito um descolamento da pele, tecido subcutâneo e gordura da parede abdominal. Esta cirurgia pode ser feita sob sedação e anestesia e o seu resultado final é um contorno corporal mais firme, tonificado e mais elegante. Existem vários graus de abdominoplastia que será determinado de acordo com o objetivo pretendido e após a avaliação das alterações encontradas no abdômen, se há mais flacidez ou apenas depósito em excesso de gordura.

A abdominoplastia completa envolve quatro processos:

  • A remoção do excesso de pele e de tecido adiposo entre a região do  umbigo e pêlos púbicos;
  • Sutura da fáscia dos retos abdominais para promover mais firmeza à silhueta;
  • Remodelação e reposição do umbigo, uma vez que ao ser eliminado o excesso de pele na região inferior ao umbigo necessário “realocá-lo” suprindo a parte retirada;
  • Sutura na região supra-púbica, muitas vezes opta-se pela cicatriz na região mais abaixo facilmente escondida pela roupa íntima.

As cicatrizes são uma situação inerente a qualquer cirurgia e deve se ter a consciência que o processo de cicatrização depende da qualidade da pele do paciente. Ao final do período de recuperação espera-se um  abdômen mais liso, sem excesso de pele e mais tonificado.

Qual a diferença entre elas?

A Lipoaspiração é uma cirurgia que retira somente a gordura de algumas regiões do corpo, através de pequenas cânulas, em pacientes sem flacidez de pele e muscular. O objetivo é tratar a gordura localizada e dar forma. Não é uma técnica de emagrecimento e não trata a flacidez.

Já a abdominoplastia é uma cirurgia que tem como objetivo principal retirar o excesso de pele, porém também retira gordura, além de redefinir a cinta muscular melhorando o contorno corporal. Pacientes com flacidez de pele e/ou muscular do abdômen são as candidatas ideais ao procedimento.

As técnicas podem ser associadas, a chamada lipoabdominoplastia, dependendo da indicação e da necessidade  de cada paciente, para que os resultados sejam o melhor possível e atenda o desejo do paciente dentro da realidade estipulada. A principal indicação para a associação de procedimentos é para quem possui tanto excesso de gordura na região quanto flacidez de pele.

Para saber qual a técnica mais indicada e esclarecer todas suas dúvidas sobre ambos as cirurgias plásticas clique aqui e agende seu horário!.

Vamos agendar uma avaliação?
Olá!
Fale conosco e vamos agendar uma avaliação.
Powered by